quinta-feira, 22 de maio de 2008


Whitesnake – Good To Be Bad

Whitesnake sempre foi uma referência de bom Rock dos anos 80 e 90. A voz marcante e potente de David Coverdale dava a qualquer música uma cara agressiva, ele era “o cara”. Passados 30 anos, ele continua sendo “o cara”. A voz dele marca o álbum e faz valer a pena escutar esse Whitesnake um pouco desgastado pelo tempo, mas ainda em boa forma. Diz-se que esse será o último álbum da banda que está completando 30 anos neste ano e não lançava um álbum com inéditas desde 1997.

Alternando baladas com guitarras distorcidas, o conjunto vai agradar com certeza os fãs do estilo.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Jenny & the Scallywags - Shaking Heart

   Volta e meia aparece na minha frente um álbum realmente novo de um artista que nunca ouvi falar. De primeira, muitas vezes, não dou m...