domingo, 7 de outubro de 2007

Jimmy Eat World


Gostei, aliás gostei muito ! Uma banda que tem a coragem de fazer um CD com 15 músicas e uma delas ter 16:13 minutos, deve ser ouvida. O JEW é a eterna banda alternativa dos EUA e chegaram até a tocar na festa de casamento guitarrista e vocalista do Blink 182. O título “alternativo” deve-se talvez a hibridez do som ou porque sua sonoridade não soa “EUA” (já pela faixa 1 – Table for Glasses, espetáculo). É uma mistura de New Order ( Faixa 2 – Denver Mint !! Puro NO), Indie Rock e Pop, porém sem a mínima rendição ao Pop. Dá pra sentir durante todo o CD uma necessidade de fuga do sucesso, quando se acha que o Cd vai ficar Pop (faixa 4 – Believe In What You Want e 5 – A Sunday, ótimas), vem em seguida a excelente faixa 7 “12.23.35”, completamente “out” e a faixa 8 “Ten” (a melhor do CD). Daí pra frente é tudo legal e a grande surpresa fica na faixa 13 – Goodbye Sky Harbour, com inacreditáveis 16 minutos de suave, hipnotizante e boa música.

A banda foi formada em 1994 no Arizona e seu primeiro Cd, lançado pela gravadora independente Wooden Blue Records, teve repercussão zero. Em 1996 a Capital Records adota a banda e lança “Static Prevails”, mas não investe nada na banda e com isso eles lançam mais dois Cds independentes (nada mais underground, chutar a Capitol e lançar 2 Cds por conta própria!!), o “Singles” e outro Ep. Este CD aí de cima “Clarity” foi lançado em 1999 e é classificado como “difícil de assimilar, pela complexidade musical” (adoro isso) e novamente a Capitol não dá a mínima para o Cd, porém na cena Alternativa o JEW chega aos mais altos patamares que uma banda pode chegar.

Enfim o JEW deixa a Capitol e vai para a Dreamworks lançar o Bleed América, em 2001, que depois comento aqui.

Apenas um parêntese, a banda tem um som tão indefinido que dependendo do rumo que tomam pode ficar não tão boa. Não gostei das música mais pesadas, são bobinhas e soam adolescentes. Ou seja, Jim Adkins (vocal e guitarra), Tom Linton (guitarra e back vocal), Rick Burch (baixo) e Zach Lind (bateria) são legais quando são alternativos mesmo.

JEW - Clarity é imperdível !

Um comentário:

  1. Jimmy Eat World é memso bem legal. O CD "Chase this light"é um dos melhores que eu já comprei!!

    ResponderExcluir

Jenny & the Scallywags - Shaking Heart

   Volta e meia aparece na minha frente um álbum realmente novo de um artista que nunca ouvi falar. De primeira, muitas vezes, não dou m...