segunda-feira, 27 de agosto de 2007

The Killers - Hot Fuss


Pegando carona e já aquecendo para o Tim Festival, vou falar de uma das melhores bandas que ouvi nos últimos anos. The Killers.
The Killers
A banda começou no final de 2002, quando o vocalista Brandon Flowers respondeu um anúncio colocado por David Keuning em um jornal local de Las Vegas. Na época, Brandon tinha acabado de ser despedido de sua banda anterior por não querer se mudar com o grupo para Los Angeles.
David e Brandon começaram a compor logo que se encontraram e assim escreveram "Mr. Brightside", uma das únicas músicas que eles continuam tocando em todos os shows da banda. Depois de fazer testes com alguns bateiristas e baixistas, os dois musicos conheceram Ronnie Vannucci, um estudante de percussão clássica na universidade de Nevada em Las Vegas e o baixista Mark Stoemer.
Alternando os ensaios entre uma garagem e a Universidade de Ronnie, a banda começou a compor e dar vida às músicas que sairiam mais tarde no primeiro álbum do Killers, Hot Fuss. As músicas falam sobre assassinos, vítimas de AIDS do estúdio 54, namorados andógenos e por aí vai.
As notícias correram rápido sobre a banda e chegaram aos ouvidos de um selo londrino independente chamado Lizard King. Os caras do the Killers assinaram com o selo e saíram em sua primeira turnê, pela Inglaterra. A banda dividiu seu tempo entre sua turnê pela Inglaterra e a gravação do primeiro disco. As gravações demoraram cerca de três meses
O disco Hot Fuss foi lançado em junho de 2004, com 11 músicas.
O álbum é tão bom que fica difícil destacar algo. Depois que você ouve "Jenny Was a Friend of Mine", a primeira do disco, fica quase impossível parar. Arranjos excelentes e dinâmicos, harmonia bem construída e bons músicos.
IMPERDÍVEL!!!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Jenny & the Scallywags - Shaking Heart

   Volta e meia aparece na minha frente um álbum realmente novo de um artista que nunca ouvi falar. De primeira, muitas vezes, não dou m...